Hino de Coimbra

Com respeito, este chão brasileiro
Ele veio pisar com amor.
Escolheu este canto mineiro
Por seu berço, ao lugar deu valor.

Manoel, Manoel Coimbra,
Destemido varão português.
Manoel, Manoel Coimbra,
De seu nome a cidade se fez.

Rancho antigo e alegre pousada
Do tropeiro,cansado viajor!
Foi do Coimbra, singela morada,
É de Coimbra a herança de amor.

Construiu uma linda capela
Para honra de São Sebastião
Hoje, uma igreja tão bela
Um convite ao fervor da oração.

No lugar pequenino de outrora,
A semente do bem germinou.
E o produto é a cidade de agora
Pela qual tanta gente lutou.

Salve Coimbra, cidade ternura!
Onde há paz e calor juvenil.
Tu cultivas e colhes ventura,
Pois, teu povo é valente e gentil.