Agosto Dourado – mês do incentivo a amamentação

O programa Criança Feliz incentiva o aleitamento materno como fonte de vida e laço eterno entre mãe e filho!

O aleitamento materno é a melhor fonte de nutrientes para o bebê, além de criar um vínculo forte e especial entre mãe e filho. Por isso a recomendação médica é de que a amamentação seja exclusiva durante os seis primeiros meses e que continue mesmo depois da introdução alimentar, pelo menos até os dois anos.

 

Para intensificar as ações de apoio e incentivo ao aleitamento materno foi criado em 2017 o Agosto Dourado, mês que deste então vem sendo marcado por ações realizadas em diversos países pelo mundo, com o objetivo de conscientizar e promover a importância do aleitamento exclusivo.

 

A cor dourada é uma referência ao padrão ouro de qualidade do leite materno, alimento vital e capaz de suprir sozinho todas as necessidades nutricionais nos primeiros seis meses de vida de um bebê.

 

Veja alguns benefícios listados pela Sociedade Brasileira de Pediatria:

 

– Protege contra o desenvolvimento de doenças alérgicas.

 

– Evita o surgimento de doenças inflamatórias intestinais.

 

– Diminui as chances de haver obesidade infantil.

 

– O risco de desenvolver diabetes tipo 2 é 35% menor.

 

– Se realizada por seis meses ou mais, previne em até 19% os casos de leucemia infantil.

 

– Em bebês prematuros, têm benefícios para a saúde cardíaca na vida adulta.

 

– Crianças que foram amamentadas costumam ter melhor desempenho escolar.

 

– Fortalecer a saúde física e também psicológica do bebê de modo geral.

 

E a melhor forma de uma mãe oferecer o leite é em livre demanda, ou seja, estando disponível sempre o que bebê mostrar necessidade de mamar. Nos casos em que, por algum motivo, a amamentação não for possível, é importante consultar um pediatra para saber as melhores formas de substituição.

Deixe uma resposta