Fumantes possuem mais chances de desenvolver sintomas graves da Covid-19

No Dia Mundial sem Tabaco, celebrado no último dia 31 de maio, um alerta para os fumantes.

O fumante possui mais chances de desenvolver sintomas graves da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, devido a um possível comprometimento da capacidade pulmonar. Por este motivo, parar de fumar pode reduzir risco de desenvolver a forma mais severa da doença.

O tema da campanha deste ano é: “Alertar os Jovens Sobre o Uso de Produtos de Tabaco”. Isso porque em todo o estado de Minas Gerais observa-se um aumento do consumo de cigarro de palha, principalmente entre o público universitário, consumo de cigarro eletrônico nas escolas e uso de narguilé em eventos, pubs e bares.

O tabagismo ativo ou passivo prejudica a saúde de quem fuma e de quem não fuma, podendo levar a morte.

Mas a boa notícia é que é possível parar de fumar e os benefícios à saúde são muitos e imediatos:

  • Após 20 minutos – A pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal.
  • Após 2 horas – Não há mais nicotina circulando no seu sangue.
  • Após 8 horas – O nível de oxigênio no sangue se normaliza.
  • Após 12 a 24 horas – Seus pulmões já funcionam melhor.
  • Após 2 dias – Seu olfato já percebe melhor os cheiros, e seu paladar já degusta melhor a comida.
  • Após 3 semanas – Você vai notar que sua respiração se torna mais fácil, e a circulação melhora.
  • Após 1 ano – O risco de morte por infarto do miocárdio já foi reduzido pela metade.
  • Após 5 a 10 anos – O risco de sofrer infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram.

Confira algumas dicas preparadas por especialistas que vão de ajudar a abandonar o tabaco.

  • Vontade de fumar: Distraia-se, respire fundo e lembre que a vontade passa em 5 minutos.
  • Irritabilidade: Faça exercício de respiração e relaxamento, imagine uma paisagem agradável e viaje. Tome um banho quente.
  • Insônia: Relaxe lendo um livro, tome um banho morno, beba um copo de leite morno. Evite bebidas com cafeína após meio-dia. Caminhe um pouco antes de se deitar. Use roupas confortáveis para dormir. Escureça o ambiente e mantenha-o ventilado. Não faça atividades estimulantes antes de dormir.
  • Aumento de apetite: Prepare um kit de sobrevivência com vegetais picados, frutas e chicletes sem açúcar. Beba água e líquidos (de baixa caloria). Inicie ou intensifique a atividade física.
  • Dificuldade para se concentrar: Simplifique sua agenda por alguns dias. Dê uma caminhada curta, saia um pouco. Beba água e líquidos. Descanse.
  • Fadiga: Procure ter uma boa noite de sono, dormindo o suficiente a cada noite. Tire um cochilo ao longo do dia. Não exija muito de você por duas ou quatro semanas.
  • Constipação, gases, dor de barriga: Beba muito líquido, acrescente fibras a sua dieta como: frutas, vegetais crus, cereais integrais e mude sua dieta aos poucos. Consulte seu médico ou nutricionista.

Saiba mais no link: https://saude.mg.gov.br/tabagismo

Deixe uma resposta