Processo de União Estável

Os casais de Coimbra, que têm relação estável por no mínimo dois anos poderão fazer a conversão para casamento em uma cerimônia coletiva. A iniciativa é do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), em parceria com a 91ª Subseção da Ordem dos Advogados (OAB) e a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Viçosa.

O objetivo do evento é regularizar a situação de casais que vivem em união estável e não tem condições financeiras de fazerem o procedimento. Além de não pagar nenhuma taxa, os organizadores do evento também providenciarão os vestidos, o local, fotos, decoração e um jantar comemorativo. A data ainda não foi definida, mas a previsão é que a cerimônia aconteça em outubro.

Para se inscrever os interessados devem procurar o CRAS, do dia 08 até 14 de agosto.

Deixe uma resposta