Réveillon e Aniversário de Coimbra

Prezados coimbrenses,

A crise econômica que o estado de Minas Gerais atravessa vem levando os governantes de diversos municípios a tomarem medidas drásticas, como a decretação de calamidade ou emergência financeira. Há casos de salários de servidores atrasados, risco de não pagamento do funcionalismo, comprometimento da prestação de serviços à população e corte de cargos, tudo isso, principalmente, devido à falta dos repasses financeiros obrigatórios do Estado.

Coimbra, embora esteja mergulhada nesse cenário, tem conseguido manter os serviços essenciais à população, aplicando o que determina a lei nas áreas da educação (25% do orçamento próprio) e da saúde (15% do orçamento próprio). Além disso, os salários e o 13º dos funcionários estão garantidos.

Este ano, Coimbra completa 70 anos de emancipação política. Devido à gestão do dinheiro público de forma criteriosa, planejada e responsável, teremos a tradicional festa de final de ano, em comemoração a essa importante data e à virada de ano. A festa foi planejada durante todo o ano, está dentro do orçamento e não atrapalhará os compromissos assumidos com a população.

Aproveitamos para desejar a todos boas festas de final de ano, parabenizar a nossa querida cidade pelos 70 anos e pedir a Deus que abençoe os governantes que irão assumir em 2019, para que realizem um trabalho que traga melhorias e dignidade para o nosso povo.

 

São os votos de Diquinha e Nilson.